Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

PUC demonstra preocupação com falta de recursos para viaduto na zona oeste de Londrina

(foto: Google Maps/Reprodução) - PUC demonstra preocupação com falta de recursos para viaduto
(foto: Google Maps/Reprodução)

O Ministério dos Transportes confirmou na semana passada o corte de R$ 1,4 milhão na obra do viaduto de transposição da avenida Tiradentes (trecho urbano da BR-369), com a avenida Jockey Club, na zona oeste de Londrina, mais conhecido como "viaduto da PUC".

A informação divulgada pelo Massa News causou preocupação à Pontifícia Universidade Católica (PUC), que tem um campus instalado no cruzamento, por onde passam diariamente cerca de três mil alunos e funcionários.

 "A PUCPR enfatiza que essa obra é fundamental para a segurança de todas as pessoas que diariamente transitam com seus veículos por ali. E que deveria voltar a fazer parte das prioridades nos recursos federais", afirma a universidade em nota.

A região onde está localizado o campus está em franco crescimento, com a instalação de condomínios horizontais e verticais e a previsão de entrega do Hospital da Zona Oeste, que deve começar a ser construído no primeiro semestre de 2017 e atender cerca de um milhão de pessoas de Londrina e região.

Segundo a assessoria de imprensa do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o cancelamento do investimento faz parte de uma “otimização de recursos orçamentários”, já que “os projetos de engenharia não estavam em condições serem licitados no presente ano fiscal”, o que não impede da obra ser contratada no futuro.

O viaduto tinha um custo previsto de R$ 13,8 milhões.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo