Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Reajuste de 8,27% no IPTU é aprovado por vereadores em Maringá

Sessão aconteceu nessa terça-feira (6) (Foto: Rede Massa) - Reajuste de 8,27% no IPTU é aprovado por vereadores
Sessão aconteceu nessa terça-feira (6) (Foto: Rede Massa)

Foi aprovado pela Câmara Municipal de Maringá, em primeira discussão, o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), em votação realizada na noite dessa terça-feira (6). 

Além do reajuste, uma emenda foi incluída ao projeto de lei. De acordo com a proposta, os imóveis do Jardim Oriental e Diamante,  localizados na zona norte da cidade, continuarão com o mesmo valor de IPTU.

Já no Jardim Paulista e Novo Paulista, serão cobrados iguais valores ao Jardim Paulista III. Isso foi decidido, pois os bairros possuem IPTU mais alto que os demais.

O vereador Dr. Saboia (PMN) propôs que o Programa de Recuperação Fiscal (Refis) fosse colocado em pauta, já que, segundo ele, as pessoas estão sem condições de quitar débitos e há 11 anos a prefeitura não lança a possibilidade. Porém, os demais parlamentares não concordaram e a proposta foi retirada de pauta. 

Aumento de cadeiras

A possibilidade de aumentar o número de cadeiras na Câmara Municipal estava sendo comentada entre os vereadores durante a sessão dessa terça-feira. Alguns deles confirmaram que ficaram sabendo dessa proposta, mas acreditam que não é o momento certo para isso acontecer, já que os trabalhos devem se encerrar em breve.

O autor da proposta seria o vereador Luizinho Gari (PP). No entanto, ele negou, declarando que não teria benefício com a alteração. Pela lei, Maringá poderia ter até 23 vereadores, mas atualmente possui 15. 

Colaboração Geovan Petry da Rede Massa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo