Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Recém-nascido é encontrado morto dentro de sacola em lixo

(Foto: Divulgação) - Recém-nascido é encontrado morto dentro de sacola em lixo
(Foto: Divulgação)

Um bebê recém-nascido foi encontrado morto em uma lixeira no fim da tarde desta quinta-feira (3) no Jardim Moriá, em Guarapuava. A criança, loira do sexo masculino, estava enrolada em três sacolas plásticas. O corpo foi encontrado por populares e a mãe da criança foi detida pela Polícia Militar pouco tempo depois. O caso foi repassado para investigação pela Polícia Civil.

De acordo com a Polícia Militar, o feto foi encontrado em uma lixeira na rua Carla Selhorst. Uma equipe do Samu também foi acionada para confirmar se o bebê já estava sem vida. O corpo foi encaminhado ao necrotério da Urgência do Trianon e em seguida foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava.

A pessoa que encontrou o corpo disse à polícia que estava recolhendo recicláveis quando pegou uma sacola mais pesada. Quando abriu, encontrou o bebê já sem vida e pediu ajuda aos moradores da região.

Dentro da sacola, havia um registro de ponto de uma empresa da cidade com o nome de uma funcionária. Os policiais foram até o local e conversaram com a gerente de Recursos Humanos. Ela explicou que a funcionária em questão estava afastada do trabalho há aproximadamente um mês por conta da gravidez. A colaboradora também disse à chefe do RH que havia sofrido um aborto.

Os policiais seguiram até a casa da mulher, que disse ter dado à luz na noite de quarta-feira (2) e que a criança teria morrido durante o parto. Ela disse que uma amiga, que ela não soube dizer o nome, decidiu colocar a criança em na lixeira. A mãe recebeu voz de prisão e foi levada até a delegacia da Polícia Civil para prestar depoimento. A Polícia Civil ainda não se manifestou sobre o caso.