Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Reunião discute realização da I Fenovinos Paraná

(Foto: Divulgação) - Reunião discute realização da I Fenovinos Paraná
(Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) realizou nesta semana uma reunião com representantes e envolvidos com o setor produtivo de ovinos na região para discutir a realização da I Feira Nacional de Ovinos do Paraná, prevista para ocorrer entre os dias 17 e 22 de julho de 2017, no Centro Agropecuário de Ponta Grossa. Participaram do encontro o secretário de Agricultura, Ivonei Afonso Vieira, o gerente de Pecuária da Fazenda Escola, professor Izaltino Cordeiro dos Santos, o presidente da Sociedade Rural dos Campos Gerais, Edilson Gorte, entre outros representantes. Esta será a primeira edição oficial do Paraná, mas a 30ª realizada no Brasil.

A Feira Nacional de Ovinos é um evento tradicional do setor, realizado há 28 anos no Rio Grande do Sul. Em 2010, Ponta Grossa sediou a XXII edição. Durante a reunião, os participantes discutiram os pontos altos e dificuldades enfrentadas nessa edição, para tornar o evento de 2017 ainda melhor para os produtores. “Já temos agora algumas sugestões para trabalhar em cima. Aprovamos integralmente um projeto de divulgação apresentado pela Sociedade Rural e queremos pensar um evento com foco na valorização do produtor e do tratador de ovinos, queremos que os produtores se identifiquem mais com a feira”, adiantou o secretário Ivonei.

Em 2017 serão realizadas duas edições distintas da Fenovinos, conforme decisão da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco). O objetivo é alcançar mais ovinocultores e reunir mais de 1,5 mil animais nas duas feiras. A primeira será no Rio Grande do Sul no mês de maio e a segunda no mês de julho em Ponta Grossa, sendo a 29ª e 30ª edições, respectivamente. “Ao trazer para o Paraná a tradição desta feira, queremos criar mais um espaço para divulgação da genética de ovinos, dos trabalhos realizados pelas associações e organizações. Queremos que a Feira do Paraná seja um pólo de agregação para o produtor, permitindo a produção dessa carne em escala”, avaliou o gerente de Pecuária da Fazenda Escola, professor Izaltino Cordeiro dos Santos.

A feira contará com ranking de raças, pistas de julgamento, exposição de animais e leilões. A expectativa é que a I Fenovinos Paraná reúna de 800 a 1000 animais. O evento também deve contar com a presença de jurados da África do Sul e palestrante da Nova Zelândia, países com tradição no setor de ovinos.

A organização da I Fenovinos Paraná é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, em parceria com a Sociedade Rural dos Campos Gerais, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), Emater, Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Sindicato Rural de Ponta Grossa, Cescage, além do apoio de instituições financeiras, entre outros.

Colaboração Assessoria de Imprensa.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo