Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Segunda dose da vacina contra dengue será aplicada em março

(Foto: Arquivo / Agência Brasil) - Segunda dose da vacina contra dengue será aplicada em março
(Foto: Arquivo / Agência Brasil)

A segunda etapa da campanha de vacinação contra a dengue no Paraná será realizada 3 a 31 de março. O público-alvo e os municípios serão os meses da primeira fase. O objetivo é vacinar 100% das pessoas que receberam a primeira dose. Além disto, haverá a possibilidade de imunização daqueles que não fizeram isto ainda, com a meta de atingir 80% da população das cidades com muitos casos de dengue.

Em Paranaguá, uma das cidades com maior incidência com casos de dengue no estado, a vacinação é recomendada para todos os moradores entre 9 e 44 anos. O mesmo acontece em Assaí, no norte paranaense.

Em outros 28 municípios, a campanha é destinada para a população entre 15 e 27 anos. São eles: Foz do Iguaçu; Santa Terezinha de Itaipu; São Miguel do Iguaçu; Boa Vista da Aparecida; Tapira; Santa Izabel do Ivaí; Cruzeiro do Sul; Santa Fé; Munhoz de Melo; Marialva; Paiçandu; São Jorge do Ivaí; Maringá; Mandaguari; Sarandi; Iguaraçu; Ibiporã; Jataizinho; Porecatu; Bela Vista do Paraíso; Cambé; Londrina; Sertanópolis; Leópolis; São Sebastião da Amoreira; Itambaracá; Cambará; Maripá.

Profissionais de saúde destas localidades vão passar por capacitações específicas para a segunda fase campanha. As atividades tiveram início neste sábado (28) em Londrina. Haverá treinamento em Foz do Iguaçu (dia 04 de fevereiro), Paranaguá (11 de fevereiro) e Maringá (18 de fevereiro).

A vacinação contra dengue, para ser eficaz, precisa contemplar três doses da vacina, que devem ser aplicadas com seis meses de intervalo entre cada uma. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, a segunda dose vai reforçar a primeira e, com a terceira dose, será garantida a resposta imunológica adequada. A secretaria ainda explica que a vacina é eficaz contra todos os tipos de dengue e reduz em 93% os casos graves da doença.

Colaboração AEN

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo