Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sinagoga vira base da Polícia Militar na região Central de Curitiba

Nova base da PM vai reforçar a segurança na região Central de Curitiba. (Foto: Arnaldo Alves / ANPr) - Sinagoga vira base da Polícia Militar na região Central de Curitiba
Nova base da PM vai reforçar a segurança na região Central de Curitiba. (Foto: Arnaldo Alves / ANPr)

O Governo do Paraná divulgou na tarde desta quinta-feira (27) que a região Central de Curitiba vai contar com uma nova base da Polícia Militar do Paraná. A instalação do efetivo da 1ª Companhia do 12º Batalhão da PM no imóvel onde ficava a Sinagoga Francisco Frishmann.

O imóvel tem 953 metros quadrados e passará por reforma avaliada, inicialmente, em pouco mais de R$ 1 milhão, a ser custeada pelos proprietários do imóvel.

Segundo o governador Beto Richa, a instalação da base da PM era uma reivindicação dos moradores e comerciantes do Centro. “Vamos instalar agora mais um posto da PM num ponto estratégico que vai permitir intensificar o policiamento no Centro da cidade e dar o pronto atendimento aos curitibanos”.

Além de ser um ponto estratégico, o local facilitará o acesso da população e vai ajudar a PM no trabalho preventivo e ostensivo, inibindo a atuação de criminosos na região Central da Capital. A intenção, conta o tenente-coronel Antônio Zanatta Neto, responsável pelo 12º Batalhão, é coibir, principalmente, os crimes de furto, roubo e o tráfico de drogas.

“Em média, passam quase 2 milhões de pessoas pelo Centro da cidade por dia. Estaremos numa localização geográfica melhor. Esta mudança é importante para a comunidade porque este será um ponto de referência”.

O secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita, disse que a mudança é benéfica do ponto de vista estratégico da Polícia Militar. “Poderemos dar uma resposta ainda mais rápida para a população e para aqueles que transitam pelo Centro”.

Com informações da AEN