Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sindicância é aberta para apurar transporte de medicamentos ilegais em ambulância

(Foto: Divulgação/Receita Federal) - Sindicância é aberta para apurar transporte de medicamentos ilegais
(Foto: Divulgação/Receita Federal)

Uma ambulância da Secretaria de Saúde de Rio Negro foi apreendida na madrugada deste domingo (28), carregada com diversos medicamentos e anabolizantes contrabandeados do Paraguai, na BR-277, em Cascavel. O prefeito do município, Milton Paizani, disse que o caso está sendo apurado e uma sindicância será aberta.

O condutor da ambulância, de 42 anos, que é funcionário da Prefeitura de Rio Negro, e o passageiro, de 26 anos, foram presos em flagrante. A dupla confessou que pegou o carregamento em Foz do Iguaçu e receberia R$ 5 mil pelo transporte. O destino final, porém, não foi informado.

Por telefone, Paizani afirmou que soube da situação por meio da imprensa e que orientou a secretária a abrir uma sindicância para apurar a situação. “Se comprovado, obviamente há o grande risco de o motorista ser demitido. É a primeira vez que acontece algo assim em Rio Negro”, disse. 

De acordo com o prefeito, o desvio de conduta traz um grande transtorno inclusive para a população, já que a frota acabou de ser renovada. “Não existe transporte para Foz do Iguaçu, houve desvio por parte do motorista que estava de plantão. Vamos ter problemas para poder realizar o veículo em razão desse desvio de conduta, que trouxe grandes transtornos”.

Os detidos, os medicamentos e a ambulância foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo