Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sobreviventes de tragédia em Cafezal do Sul se salvaram porque foram lançados de ônibus

Ônibus levava pacientes para Umuarama (Foto: Patricia Schmitt/Rede Massa) - Sobreviventes de tragédia se salvaram porque foram lançados de ônibus
Ônibus levava pacientes para Umuarama (Foto: Patricia Schmitt/Rede Massa)

Familiares dos sobreviventes da tragédia ocorrida nesta segunda-feira (31), em Cafezal do Sul, com 20 mortos, relataram como os pacientes se salvaram da morte. A maior parte deles foi ejetada do ônibus devido ao impacto violento da batida contra o caminhão-tanque, carregado de leite, da empresa Latco.

Existe a suspeita que o motorista do caminhão, que faleceu carbonizado, tenha tentado uma ultrapassagem em local proibido e acabou encontrando o ônibus da Secretaria de Saúde de Altônia em uma curva da PR-323, rodovia perigosa, com pista simples.

Passageiros do ônibus foram jogados para fora e acabaram se salvando do incêndio. A parente de uma das vítimas ficou indignada com as testemunhas do acidente. Segundo ela, enquanto sua mãe pedia socorro porque estava com o pé machucado, populares filmavam e tiravam fotos.

A mulher precisou se arrastar sozinha para ir para longe do ônibus incendiado. Na tarde desta segunda-feira, a Secretaria de Saúde de Altônia divulgou a lista com os nomes das possíveis vítimas fatais do acidente.

A cidade de 20 mil habitantes ficou chocada com a morte dos moradores, que viajavam para Umuarama para um mutirão de cirurgia de catarata.

Colaboração Geovan Petry da Rede Massa