Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Superintendência propõe nova escala a controladores de tráfego aéreo em estado de greve em Maringá

Controladores em estado de greve recebem proposta de escala

Em estado de greve, os controladores de tráfego aéreo se reuniram na manhã desta quinta-feira (17) com a superintendência do Aeroporto Regional Sílvio Name Junior, em Maringá. Eles pediram alterações na escala de trabalho e receberam uma proposta da administração.

Com expediente de 6h, anteriormente, os  15 controladores faziam 1h30 extra por dia, o que gerava um adicional no salário e ainda possibilitava horário para descanso e almoço. Porém, a partir de abril, houve a mudança da jornada, com a retirada do extra.

Além disso, eles alegam que estão com horários inadequados para alimentação e, por isso, decidiram aprovar estado de greve. Nesta quinta-feira, a superintendência recebeu as reivindicações do Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Empresas Administradoras de Aeroportos e acatou a possibilidade de nova escala, mas sem a hora extra.

A administração, feita pelo município e pela empresa SBMG, alega que não há demanda para horas adicionais, pois o número de voos caiu de 250 semanais, em abril, para 158 atualmente. 

Na reunião, os trabalhadores se comprometeram a suspender o estado de greve, mas a homologação será feita em assembleia. Em relação à aumento salarial, o assunto será debatido posteriormente, com data-base em 1º de dezembro. 

Colaboração Célia Martinez da Rede Massa