Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Suspeita de fraude atrasa compra de medicamentos

(Foto: Reprodução) - Suspeita de fraude atrasa compra de medicamentos
(Foto: Reprodução)

A falta de remédio em Toledo tem atingido toda a população que buscas os medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde do município. 

O Pregão número 120/2017 que trata da compra de medicamentos, que ocorreu em 26 de julho, foi suspenso por ordem do Ministério Público. O motivo foi a fraude que ocorreu nas empresas que assinaram o contrato de compra. 

As empresas deveriam disponibilizar estes medicamentos: Bromazepan, Nortriptilina, Diazepam, Amitriptilina, Brometo de butilescopolamina, Espironlactona, Metronidazol, Fluoxetina. 

A investigação foi em conjunto entre a Assessoria Jurídica e as Secretarias de Saúde, Segurança e Administração.

Um novo Pregão foi realizado para regularizar o fornecimento dos medicamentos necessários, enquanto os contratos com as empresas do pregão anterior foram rescindidos.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo