Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Suspeita de participar de tentativa de assalto a banco em Cianorte é presa em Maringá

(Foto: O Bendito) - Suspeita de participar de tentativa de assalto a banco é presa
(Foto: O Bendito)

Uma mulher foi presa pela Polícia Militar de Maringá na noite de quarta-feira (15), quando tentava embarcar na rodoviária da cidade em um ônibus com destino a Campinas, em São Paulo. Ela foi apontada pela polícia como integrante da quadrilha que tentou pela manhã assaltar um banco em Cianorte.

Segundo a polícia, a presa revelou que “o grupo veio de São Paulo e ficou em Porto Rico para planejar o roubo”. Como a situação ocorreu em Cianorte, a mulher foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil do município.  

A tentativa de assalto foi registrada no início da manhã. Conforme o que foi divulgado, o grupo teria rendido a família do gerente do Banco na madrugada e no início da manhã, parte da quadrilha seguiu para a agência com o gerente e parte ficou com a família como refém. Neste meio tempo, o botão de pânico da agência foi acionado e a Polícia Militar interveio na situação. Houve troca de tiros e um dos suspeitos acabou ferido a tiros. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital em estado grave. Com isso, a família do gerente foi sequestrada e localizada à tarde, em uma área rural as margens da PR-323.

Também durante a tarde, quatro pessoas suspeitos de participação no crime foram detidas pela polícia em Loanda. Eles estavam em um veículo e um deles foi reconhecido pelo gerente como participante do crime. Eles também foram levados à Delegacia de Cianorte.

Informações extraoficiais dão conta que o grupo era bastante articulado e que o rapaz que foi ferido na troca de tiros com a PM, seria considerado de alta periculosidade, integrando a lista dos 30 mais perigosos procurados pela polícia do Estado do Espírito Santo.

A reportagem tentou contato com o delegado responsável pelas investigações em Cianorte, mas ele deve falar sobre o caso apenas no início da tarde.

Colaboração Rede Massa