Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Suspeito de atirar em adolescente afirma que revidou a disparo

(Foto: Reprodução) - Suspeito de atirar em adolescente afirma que revidou a disparo
(Foto: Reprodução)

O homem que foi preso suspeito de atirar contra o carro em que estava a adolescente Isabelly Cristine Santos, de 14 anos, afirmou para a polícia que atirou depois de ter ouvido um disparo. A situação aconteceu na madrugada desta quarta-feira (14), na PR-412, em Pontal do Paraná, no Litoral do Estado.

Dois homens foram presos - de 26 e 36 anos - em uma ação conjunta das polícias civil e militar. Um dos homens admitiu ter atirado com uma pistola calibre 380 registrada que foi apreendida.  Eles foram apresentados para a imprensa na Delegacia Cidadã de Matinhos. 

O delegado Jorge Azor Pinto afirmou que atirador disse para a polícia que seguia de carro pela rodovia e se preparava para acessar uma rua do balneário Canoas quando o carro em que estava Isabelly teria se aproximado em altíssima velocidade.

O suspeito contou ainda que depois que entrou na rua percebeu que o outro veículo estava dando ré e ouviu um disparo. Foi então que ele revidou e atirou. Um dos tiros atingiu a cabeça da adolescente.

A versão do suspeito será confrontada com os passageiros que estavam no carro junto com o Isabelly. Os presos foram levados para a delegacia de Ipanema, também no Litoral.

Atualização

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos se preparavam para fugir quando foram presos. "Eles estavam na casa da família e com as malas prontas para voltarem à Curitiba. A arma foi encontrada na bolsa da esposa de um dos homens. Eles não reagiram e confessaram o crime aos policiais", disse o Comandante de Policiamento da Unidade (CPU) de Pontal do Paraná, tenente Rodrigo Bandeira.

Além da arma, a polícia apreendeu um veículo Xsara Picasso, que era usado pelos suspeitos no momento do crime.

Colaboração Lucas Rocha / Rede Massa