Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Suspeito de matar Jeniffer Tavares é preso; jovem confessou que transportou corpo

(Foto: Divulgação) - Caso Jeniffer: suspeito é preso e confessa que transportou corpo
(Foto: Divulgação)

O principal suspeito da morte da adolescente Jeniffer Tavares está preso na delegacia de Maringá. O rapaz foi detido em uma unidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-376, em Mandaguari, na madrugada desta sexta-feira (10).

Durante a investigação, a Polícia Civil localizou o irmão do suspeito, que afirmou para a polícia que iria até Campinas com sua mãe para convencer o jovem a se entregar. Contra o suspeito há um mandado de prisão preventiva, até que o crime seja comprovado.

No primeiro depoimento, o homem se defendeu dizendo que não tem envolvimento com a morte, mas confessa que transportou o corpo da jovem.

O crime

O suspeito teria passado o dia de domingo (5) bebendo com a jovem e ido com ela até um motel na PR-323. Segundo a perícia realizada no corpo da jovem, ela foi morta por esganadura, além de ter fraturas no crânio e sinais de agressão por violência sexual.

A garota estava desaparecida e seu corpo foi encontrado por populares na última terça-feira (7), em Maringá. O suspeito teria carregado o cadáver da jovem no carro até o final da Avenida Mandacaru e depois fugido para Campinas.

Colaboração Gabriela Pontes e Índio Maringá

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo