Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Suspeito de roubar caminhonetes morre em tiroteio com a PM

O cumprimento de um mandado de prisão terminou em morte na cidade de Marmeleiro (5 quilômetros de Francisco Beltrão) na tarde desta quinta-feira (10). Wuslley Soares da Silva Junior, de 21 anos, foi atingido por tiros durante uma tentativa de fuga de policiais militares do Serviço Reservado (P2) de Francisco Beltrão.

Acusado de roubo de caminhonetes na região, ele estava foragido da Cadeia Pública de Palotina, no oeste do Estado, desde o dia 4 de setembro. O último crime que cometeu foi no início dessa semana. Ao tentar entrar na Argentina com uma caminhonete roubada, o suspeito foi abordado por policiais militares de Barracão, mas não obedeceu a ordem e atirou contra os policiais, que revidaram. Mesmo assim, conseguiu fugir e seguiu para a Argentina onde se envolveu em um acidente e não foi encontrado.

Suspeito de roubar caminhonetes morre em tiroteio com a PM

Nesta quinta-feira (10), a polícia recebeu uma denúncia que ele estava de volta a Marmeleiro. Wuslley foi encontrado no bairro Passarela e novamente não obedeceu a ordem policial. Ele correu pela rua Telmo Otávio Müller e entrou em várias propriedades. Em uma delas foi encurralado pela polícia, reagiu e foi baleado no peito. O Samu foi acionado, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Com ele, a polícia apreendeu um revólver calibre 38, munições e uma pequena porção de maconha. Após perícia e levantamento de dados por parte da Polícia Civil, o corpo foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão. Como Wuslley vinha sendo investigado pelo Gaeco, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na quitinete onde estaria residindo. No local, a polícia apreendeu cinco tabletes de maconha.

Colaboração Portal RBJ.