Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Taxistas acordam uso de lista para comprovação de passageiros

(Foto: Divulgação) - Taxistas acordam uso de lista para comprovação de passageiros
(Foto: Divulgação)

Autoridades do Brasil, do Paraguai e da Argentina discutiram a obrigatoriedade da utilização de lista para comprovação de passageiros que utilizam táxis na fronteira. A ideia é que os profissionais identifiquem os usuários para evitar irregularidades. A lista de passageiros é obrigatória para o transporte do turismo, mas para o serviço de táxi ainda não é regulamentada. Com isso, o Foztrans e as autoridades decidiram que a partir de agora os prestadores do serviço devem utilizar o documento, dando mais tranquilidade aos profissionais que circulam entre os três países e, sobretudo, impedindo corridas fora da origem dos táxis.

O diretor do Foztrans, Robson Lima Souza, disse que o instituto vai continuar com as fiscalizações, pois as irregularidades no transporte de taxistas paraguaios e argentinos no Brasil são recorrentes. No entanto, ele ressaltou que o uso da lista com a identificação dos passageiros pode evitar transtornos, pois uma vez que a multa for aplicada, são cobradas dez unidades fiscais mais o gasto para recolher o carro apreendido.

“Queremos evitar situações abusivas, mas há um acordo firmado com as cooperativas de táxis do Paraguai e da Argentina que precisa ser cumprido. Se os taxistas se assegurarem com a documentação da lista, poderão transitar tranquilamente na cidade e nos pontos turísticos de Foz do Iguaçu e retornar ao país de origem sem problemas”, defende.

Colaboração Prefeitura de Foz do Iguaçu