Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

TCE desaprova contas de consórcio que gerencia Samu na região Sudoeste

(Foto: Divulgação) - TCE desaprova contas de consórcio que gerencia Samu na região Sudoeste
(Foto: Divulgação)

O Consórcio Intermunicipal da Rede de Urgências do Sudoeste do Paraná (Ciruspar) teve suas contas referentes a 2015 desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). O consórcio gerencia o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em 42 municípios da região e não encaminhou corretamente o balanço patrimonial.

O órgão determinou a aplicação de R$ 3.864,40, pois o balanço patrimonial apresentado não seguiu a estrutura determinada, pois não informou os quadros relativos aos ativos e passivos financeiros permanentes e às contas de compensação. Para o relator do processo, conselheiro Nestor Baptista, ressaltou que a falha impede o princípio da transparência e a verificação das contas públicas.

O consórcio abrange 42 municípios do Sudoeste do Estado, entre eles Barracão, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Pato Branco e Realeza. O Samu do Sudoeste, além de prestar socorro, capacita e prepara socorristas em bases distribuídas em dez dos municípios consorciados.

Os prazos para recurso passaram a contar a partir de 14 de agosto.