Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

UEPG pede reintegração de posse no prédio da reitoria

(Foto: Guilherme Del Zotto / Rede Massa) - UEPG pede reintegração de posse no prédio da reitoria
(Foto: Guilherme Del Zotto / Rede Massa)

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) entrou com um pedido de reintegração de posse na Justiça. O documento foi encaminhado nesta quinta-feira (20) ao Fórum, pedido em caráter de urgência – a decisão pode sair a qualquer momento. A instituição pede a saída dos estudantes que ocuparam a reitoria no fim da manhã desta quarta-feira (19).

De acordo com a assessoria de imprensa da UEPG, alguns servidores da universidade estão trabalhando de casa, mas outros precisaram ir até a sede da instituição porque precisam de sistemas que não podem usar de casa. Há aproximadamente 70 estudantes ainda no prédio da reitoria, conforme informações da assessoria.

Em nota, o movimento Resistência Estudantil UEPG informou que alguns setores da reitoria estão abertos para o trabalho dos servidores. Confira abaixo:

O comando da greve estudantil da UEPG informa que as portas do prédio da Reitoria estão abertas para o trabalho nos seguintes setores:

PROGRAD – Pró-Reitoria de Graduação

PROPESP – Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

PROAD – Pró-Reitoria de Assuntos Administrativos

PRORH – Pró-Reitoria de Recursos Humanos

CPS – Coordenadoria de Processos de Seleção

Frente ao autoritarismo e a manipulação, reforçamos novamente que nosso objetivo é o diálogo com a Administração sobre nossa pauta de reivindicações, que até o momento não foi aberto.

Lembramos também à toda comunidade acadêmica que a ocupação está aberta para visitação, bastando apenas se identificar na porta.