Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Viagem de compras termina antes de grupo atravessar a ponte

Viagem de compras termina antes de grupo atravessar a ponte

Um ônibus de compristas foi assaltado na madrugada desta sexta-feira (18), em Foz do Iguaçu. O coletivo partiu das cidades de Palmas e Pato Branco, na região sudoeste e seguia para o Paraguai. Vinte e sete pessoas, sendo dois motoristas e 25 passageiros, foram feitos reféns e tiveram os pertences roubados.

De acordo com o relato das vítimas, o ônibus foi rendido quando chegava em Foz do Iguaçu, quando fazia o contorno no Jardim Jupira para seguir para o centro. Vários homens armados e encapuzados em dois carros e uma moto participaram da ação.

O grupo obrigou o condutor do ônibus a parar. Eles chegaram a quebrar o vidro do ônibus e efetuaram disparos para o alto para intimidar as vítimas. Três integrantes do grupo entraram no ônibus e fizeram a limpa.

Todos os pertences de valor, joias, relógios, celulares e dinheiro, foram levados. Até os travesseiros foram cortados pelos assaltantes que procuravam dinheiro escondido. As vítimas afirmaram que o grupo usava armas longas, pistolas e revólveres. Todos estavam encapuzados e agiram com bastante violência.

O condutor foi obrigado a seguir com o ônibus em direção a barranca do rio, no Jardim Jupira.

Uma viatura da polícia militar, que não desconfiava do assalto, mas avistou um carro e uma moto em atitude suspeita, ao verificar a situação foi recebida a tiros. A polícia revidou e houve intensa troca de tiros. Apesar disso, ninguém foi preso. Na fuga os suspeitos dispensaram um boné, uma balaclava (touca para esconder o rosto), uma blusa e R$ 1,2 mil em dinheiro.

O valor total do roubo não foi divulgado.

Colaboração Cris Neres/Rede Massa