Mulher desaparecida é achada em clínica psiquiátrica: dono foi preso

Uma mulher desaparecida há cinco dias em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, foi encontrada pela Polícia Civil em Antonina, no Litoral do Paraná.

mulher-desaparecida-pinhais
Foto: Beatriz Jarzinski/Polícia Civil

A vítima estava em uma casa que funcionava como clínica psiquiátrica, segundo o delegado Felipe Boffo. O responsável pelo local foi preso em flagrante por sequestro e cárcere privado.

Segundo a polícia, o irmão da vítima procurou ajuda no dia 14 de fevereiro dizendo que familiares tinham tirado a mulher à força de sua casa, em Pinhais. Desde então, ele não teve mais notícias da irmã e registrou o boletim de ocorrência do desaparecimento.

A polícia descobriu o possível paradeiro e foi até o local para tentar encontrá-la. “A ofendida declarou que estaria em cárcere privado há cinco dias, sendo comprovado pelos policiais a inexistência de documentação comprobatória de internação, laudos médicos exigidos pela legislação correlata”, conta o delegado.

Além da mulher desaparecida, outras duas pessoas que estavam internadas contra a vontade e sem a determinação médica pediram ajuda e foram encaminhadas à Assistência Social de Antonina para receberem os cuidados necessários antes de voltarem para casa.

“O responsável legal do estabelecimento foi conduzido e autuado em flagrante por sequestro e cárcere privado”, diz a nota da Polícia Civil.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play plus-circle Created with Sketch Beta. Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas plus-circle Created with Sketch Beta. A opinião em forma de notícia
Alorino
Antônio Carlos
Claudia Silvano
Edvaldo Corrêa
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
chevron-up Created with Sketch Beta.