Polícia divulga foto de suspeita de mandar matar o ex-marido durante emboscada

A Polícia Civil do Paraná (PCPR), divulgou a foto de uma mulher, Maria Eliza Moreira Marins, de 27 anos, principal suspeita de ter planejado o assassinato do ex-marido, João Phillip Gonçalves Nunes, de 23 anos. O corpo da vítima foi encontrado no dia 5 de dezembro no bairro Cidade Industrial, em Curitiba.

(Divulgação PCPR)

Maria e João conviveram durante 3 anos, estavam separados desde 2019 e tinham um filho juntos, de 4 anos. O casal estava em briga judicial pela guarda da criança. 

A vítima morava em Blumenau, em Santa Catarina. A suspeita teria pego a criança para uma visita e não devolveu para o ex-marido, no dia 2 de dezembro, João viajou até Curitiba para buscar o filho, porém Maria planejou uma emboscada.

Ao chegar no endereço fornecido, a vítima foi surpreendida por quatro indivíduos encapuzados, que o espancaram até a morte com paus e barras de ferro e depois jogaram o corpo de João no local em que foi encontrado. Por volta das 16h, os pais da vítima foram informados sobre o encontro de um cadáver.

Após a morte de João, a mulher fugiu e levou a criança de 4 anos. A mulher teve sua prisão temporária decretada por homicídio qualificado e subtração de incapaz.

Informações PCPR e repórter Juliana Rodrigues