Preso que fugiu do Creslon morreu por lesão

Laudo do IML diz que o rapaz que fugiu do Creslon não morreu de overdose e sim de uma lesão.


Delegacia de homicídios agora vai apurar o que aconteceu. 

No local não ficou evidenciado o que causou a morte de Whanithon Rafael Machado da Silva, 28 anos, o perito criminal que foi ao local não deu causa da morte, mas disse que ele não tinha nenhum ferimento aparente. 

A diretora do IML disse que o laudo conta que uma fratura grave no pescoço que causou a morte do foragido.

Delegado de homicídio Dr. João Reis que vai investigar o caso não quis gravar entrevista.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa