Vereadora Maria Letícia acusa PM de excesso em prisão: “sou idosa”

Antes de ser liberada pela Justiça, a vereadora Maria Letícia Fagundes (PV) prestou depoimento à Polícia Civil. Ela foi presa na noite de sábado (25) suspeita de desacato e embriaguez ao volante após se envolver num acidente de trânsito no Bigorrilho.

vereadora-maria-leticia-prisao
Foto: Reprodução

Acompanhada de sua advogada, a vereadora não quis falar sobre as circunstâncias do acidente. No entanto, ela aproveitou a oportunidade diante da autoridade policial para acusar a Polícia Militar de cometer excessos em sua abordagem.

“Considerando minha faixa etária, sou idosa, acho que houve excesso na minha abordagem. Eu fui algemada e colocada no camburão sem nenhum diálogo, sem nenhuma tentativa de entendimento no local”, declarou a vereadora.

Maria Letícia também alega que sua prisão “causou muito constrangimento, considerando toda minha história de vida e minha carreira”.

Vereadora deixa prisão após decisão judicial

Levada à delegacia na madrugada de domingo (26), horas depois do acidente no Bigorrilho, a vereadora Maria Letícia deixou a prisão na noite do mesmo dia, por volta das 19h. A Justiça autorizou que ela deixasse a cadeia sem o pagamento de fiança.

Embora a vereadora, em depoimento, tenha negado o consumo de bebida alcoólica – ela se recusou a fazer o teste do bafômetro no momento da abordagem ­–, os policiais que atenderam à ocorrência confirmam que ela apresentava sinais de embriaguez.

Um dos soldados disse que a vereadora ameaçou ligar para o secretário de Segurança Pública, coronel Hudson Teixeira, afirmando que os policiais iriam “se ferrar”.

Ainda segundo o soldado, Maria Letícia ainda teria avisado que mandaria forjar o laudo de lesão corporal para acusar o excesso na abordagem policial.

A soldado que conduziu a vereadora até a delegacia confirmou que Maria Letícia estava “visivelmente embriagada” e tentou fugir do local da batida. Ela disse ainda que a parlamentar estava alterada e agressiva, e não quis acatar a abordagem. Mesmo dentro da viatura, ela xingava e se debatia, segundo a soldado.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play plus-circle Created with Sketch Beta. Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas plus-circle Created with Sketch Beta. A opinião em forma de notícia
Alorino
Antônio Carlos
Claudia Silvano
Edvaldo Corrêa
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
chevron-up Created with Sketch Beta.