Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Após Programa de Demissão Incentivada, funcionários da CUT ameaçam fazer greve

(Foto: Wikipedia) - Após Programa de Demissão, funcionários da CUT ameaçam fazer greve
(Foto: Wikipedia)

Após a implantação, na terça-feira (14), do Programa de Demissão Incentivada (PDI), os funcionários da Central Única dos Trabalhadores (CUT), ameaçaram entrar em greve. A entidade tem 178 empregados e se diz asfixiada pelo governo Michel Temer, que, com a reforma trabalhista, acabou com a obrigatoriedade do imposto sindical, tributo equivalente a um dia de trabalho e que é um dos principais recursos das centrais. As informações são da Folha de São Paulo.

Embora a cúpula da entidade afirme ter consultado seus trabalhadores sobre os critérios de exoneração, os funcionários chegaram a anunciar a deflagração de uma greve. Apesar disso, o presidente da central, Vagner Freitas, diz desconhecer o movimento.

A direção da CUT argumenta que o plano de demissão de funcionários foi uma resposta ao fim do imposto sindical obrigatório. De acordo com Freitas, a redução permitirá a manutenção das atividades da central.

Ele não informou qual o impacto da medida adotada pelo governo Temer nos cofres da entidade nem o orçamento global da entidade. Em 2016, ela recebeu R$ 59,8 milhões da contribuição.

O presidente da CUT afirma ainda que o enxugamento da folha foi submetido à assembleia de trabalhadores após prévia apresentação de uma proposta da direção.

O PDI será encerrado em 4 de dezembro e, caso não tenha adesão dos trabalhadores, será iniciado um processo de demissão até que se chegue ao percentual desejado.

Mais cortes

Além do comando nacional da CUT, sindicatos, direções estaduais e federações estão realizando redução da folha de pagamentos.

A Confederação Nacional dos Metalúrgicos, por exemplo, deverá entregar a sede própria para ocupar um andar no prédio da CUT, que deve ser esvaziado após o PDI.

Paulo Martins comenta o assunto


Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo