Bolsonaro diz que anunciará vice “aos 48 do segundo tempo” e que nome não será surpresa

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (31) que só irá decidir seu vice-presidente “aos 48 do segundo tempo”, mas que o nome será alguém conhecido, não uma surpresa.

Questionado em uma entrevista para a TV Record, Bolsonaro disse que não pode escolher o nome agora para não criar “turbulências” e que ainda precisa aprovar medidas no Congresso.

“A gente vai escolher aos 48 do segundo tempo, porque se escolher agora você causa turbulência. Algumas pessoas estão esperando ser convidadas e obviamente a decisão –como acertado com o líder do partido, o PL, o Valdemar–, eu é que escolherei”, disse. “Então, vamos esperar um pouco mais porque temos algumas coisas a passar no Parlamento ainda e não podemos ter turbulência. Algumas questões e essa PEC nossa que me permite zerar o imposto do óleo diesel no Brasil.”

Entre os aliados do presidente a informação é que ele gostaria de ter o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, como vice. No entanto, os partidos aliados, especialmente PP e PL, gostariam de um nome político e do Nordeste, onde o presidente tem sua maior rejeição.

Ao ser questionado sobre o perfil, deu a entender que já tem de fato na cabeça o nome.

“É alguém que, uma vez anunciado, pode ter certeza, não será novidade pra vocês, porque é do nosso meio”, afirmou.

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI0U0RG-VIEWIMAGE