Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cardozo: impeachment é uma situação de absoluta excepcionalidade institucional

Em sua apresentação na comissão especial na Câmara que analisa o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o advogado-geral da União, ministro José Eduardo Cardozo, disse que somente em situações extremas o regime presidencialista permite a cassação de um presidente da República. "O impeachment é uma situação de absoluta excepcionalidade institucional", afirmou.

O ministro ressaltou que um presidente eleito não pode ser afastado por razões políticas, mas só quando há pressupostos jurídicos para isso. A menos, afirmou, que haja crime de responsabilidade e que se atente contra a Constituição. "Não é qualquer ilegalidade, violação, irregularidade e situação de desrespeito tangencial à Constituição que deve configurar crime de responsabilidade", defendeu.

Cardozo ressaltou que o que se propõe é "violência aos alicerces da ordem jurídica". O ministro cobrou a tipificação do crime que poderia ter sido praticado pela presidente Dilma Rousseff.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo