Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

CCJ do Senado aprova elevação no repasse da União para municípios através do FPM

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira, 29, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que aumenta de 49% para 50% o repasse de recursos arrecadados pela União aos municípios. O texto ainda precisa ser apreciado em dois turnos no plenário da Casa, antes de seguir para a Câmara. Se aprovado, aumentará as transferências pelo Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em R$ 1,1 bilhão no próximo ano e chegará a R$ 5,6 bilhões a partir de 2021.

Pela proposta do senador Raimundo Lira (PMDB-PB), a entrega adicional ao FPM proveniente do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) será realizada em setembro de cada ano. O relator da matéria, Armando Monteiro (PTB-PE), incluiu no texto um escalonamento no aumento do repasse: mais 0,25% do produto da arrecadação do IR e do IPI em 2018 e 2019; 0,5% em 2020; e 1% a partir de 2021.

Para Monteiro, o acréscimo de transferências de recursos precisa ser gradual para "não afetar o ajuste fiscal vigente e os benefícios futuros dele decorrentes". O acréscimo não interfere no funcionamento do Teto de Gastos, instituído por outra PEC.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo