Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Comissão decide seguir com investigações sobre possível quebra de decoro de Professor Galdino

(Foto: Divulgação) - Professor Galdino segue sob investigação de quebra de decoro
(Foto: Divulgação)

A comissão processante que investiga o suposto caso de agressão envolvendo os vereadores Professor Galdino e Carla Pimentel, na Câmara de Vereadores de Curitiba, decidiu dar continuidade ao processo e segue investigando se houve ou não quebra de decoro parlamentar.

Com isso, mais três reuniões para depoimentos de testemunhas já foram marcadas. No dia 3 de novembro, serão ouvidos os vereadores Bruno Pessuti (PSD), Jonny Stica (PDT) e Rogério Campos (PSC), que testemunharam o ocorrido, além de Beto Moraes (PSDB) e Helio Wirbiski (PPS), indicados pelo relator Mestre Pop. A audiência, que inicia às 14h e segue até às 16h, será realizada na sala dos vereadores anexa ao plenário.

Nos dias 4 e 7, serão ouvidas as 10 testemunhas arroladas pelo denunciado, Professor Galdino.

Colaboração Câmara de Vereadores de Curitiba