“Decisão soberana das urnas deve ser respeitada”, diz Ratinho Junior

O governador reeleito Ratinho Junior (PSD) divulgou nota nesta terça-feira (1º) garantindo que a Polícia Militar está trabalhando para desbloquear as rodovias, cumprindo decisões judiciais, e reforçou que o resultado das urnas deve ser respeitado.

A manifestação do chefe do Executivo estadual acontece em meio ao caos nas rodovias promovido por grupos de apoiadores de Jair Bolsonaro (PL), derrotado nas eleições do último domingo (2). Dezenas de trechos de rodovias federais e estaduais por todo o país seguem interditadas total ou parcialmente como forma de reivindicação pela chamada “intervenção federal”.

“A Polícia Militar do Paraná já está cumprindo a decisão do Supremo Tribunal Federal de desbloqueio das rodovias federais, estaduais e dos trechos urbanos. O direito de livre circulação no território nacional é uma garantia do povo brasileiro”, diz o governador, no texto.

Ratinho Junior ainda reforça a necessidade de “pacificar o Brasil” e ressalta a lisura do processo eleitoral no país. “As eleições de 2022 ocorreram de maneira democrática e a decisão soberana das urnas precisa ser respeitada”, diz o comunicado.

Rodovias bloqueadas no Paraná

O novo boletim da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Paraná, divulgado às 16h20 desta terça-feira (1º), aponta que 17 rodovias federais seguem totalmente bloqueadas por manifestantes. Outras 10 estão com interdição parcial, e as restantes foram totalmente liberadas.

As estradas foram bloqueadas por caminhoneiros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) que protestam contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A lista completa dos pontos que ainda não foram totalmente liberados está no Massa News.