No Paraná, Bolsonaro vence com mais de 62% dos votos; Lula tem 37%

Assim como na última eleição em que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi eleito, o petista foi derrotado no Paraná nas eleições 2022. Com 100% das urnas apuradas, o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) obteve 4.159.266 votos, o equivalente a 62,4% dos votos válidos. Lula foi escolhido por 2.506.464 votos, o que corresponde a 37,6% dos eleitores.

Neste segundo turno, 6.900.198 de paranaenses foram às urnas, com 6.665.730 dos votos válidos. Foram ainda 138.915 votos nulos (2,01%) e 95.553 votos em branco (1,39%).

Na primeira vez em que foi eleito, em 2002, Lula venceu José Serra no segundo turno com 59,22% dos votos válidos, contra 40,78% do tucano. O cenário foi diferente no pleito seguinte, quando o petista disputou a Presidência da República com seu atual candidato a vice, Geraldo Alckmin, então no PSDB.

Naquele ano, o tucano recebeu 50,75% dos votos válidos, enquanto Lula foi escolhido por 49,25% dos eleitores paranaenses.

PT perdeu últimas eleições no Paraná

Em 2010, quando a candidata do Partido dos Trabalhadores foi Dilma Rousseff, nova derrota para a sigla. Dilma, que venceria as eleições, recebeu 44,58% dos votos, contra 55,44% de José Serra (PSDB).

Quatro anos depois, a então candidata à reeleição teve uma votação ainda menor: 39,02%. O adversário naquele ano foi Aécio Neves (PSDB), escolhido por 60,98% dos paranaenses.

Há quatro anos, foi a vez de Bolsonaro desbancar o petista Fernando Haddad (PT). O petista entrou no lugar de Lula, que estava preso à época das eleições. O atual presidente recebeu 68,43% dos votos dos paranaenses, contra 31,57% do petista.