Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ex-secretário de Almirante Tamandaré é condenado a 17 anos de prisão

(Foto: Reprodução Facebook) - Ex-secretário de Almirante Tamandaré é condenado a 17 anos de prisão
(Foto: Reprodução Facebook)

Um ex-secretário de Almirante Tamandaré (Região Metropolitana de Curitiba) foi condenado a 17 anos e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva envolvendo cobrança de propina a credores. Mailon de Lara Vaz assumiu a secretaria da Fazenda e da Administração entre janeiro de 2013 e julho de 2015.

O ex-secretário foi um dos alvos da Operação Via fácil, realizada no ano passado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR). As investigações descobriram que Vaz cobrava propina de empresas que tinham valores a receber do Município, antes de fazer a quitação dos débitos.

O pagamento era realizado para que os secretários liberassem “a empresários o pagamento por serviços e mercadorias fornecidos à Prefeitura. Os empresários, dos mais variados setores, tinham valores a receber do Município por trabalhos já realizados, mas, para que o pagamento fosse efetuado, tinham que pagar “pedágio” aos secretários”, explicou o MP-PR na época..

Operação

A Via Fácil foi deflagrada no dia 15 de junho de 2015, com o cumprimento de dois mandados de prisão temporária contra os secretários municipais de Administração e Previdência, e de Meio Ambiente e Abastecimento, além de oito mandados de busca e apreensão em residências e empresas e nos dois gabinetes da Prefeitura. Na ocasião foram cumpridos ainda nove mandados de condução coercitiva, principalmente de empresários, além do sequestro de veículos dos envolvidos na investigação.

Colaboração Ministério Público do Paraná