Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Felipe Francischini tem R$ 103 mil bloqueados por gastos com comida

(Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados) - Felipe Francischini tem R$ 103 mil bloqueados por gastos com comida
(Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

A Justiça determinou que o deputado Felipe Francischini (PSL) tenha R$ 103 mil bloqueados das contas para eventual ressarcimento aos cofres públicos. A suspeita é de que o parlamentar tenha pedido ressarcimento de gastos com alimentação de forma irregular.

Atualmente presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, em Brasília, o político foi deputado estadual entre janeiro de 2015 e dezembro 2018. Foi nesse período que ele teria realizado os gastos não previstos com alimentação.

O bloqueio foi determinado pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba.

Francischini nega irregularidades

Por meio de nota, o atual deputado federal defendeu que “não há qualquer irregularidade no uso da verba de ressarcimento de despesas relativas à sua alimentação e de seus assessores diretos, no exercício da atividade como deputado estadual”.

O texto ainda diz que “o uso da verba de ressarcimento referente à alimentação está regulamentado e amparado de forma muita clara no ato da comissão executiva da Assembleia que, recentemente, deixou o texto ainda mais transparente”.

Segundo Felipe Francischini, houve um entendimento equivocado das redações internas da Assembleia que regulamenta o uso da verba que baseou a ação civil pública.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo