Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Joel Malucelli é considerado foragido pelo Ministério Público

(Foto: Reprodução / Redes Sociais) - Joel Malucelli é considerado foragido pelo Ministério Público
(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

O empresário Joel Malucelli, sogro do candidato ao Governo do Paraná João Arruda (MDB), é considerado foragido pelo Ministério Público do Paraná (MPPR). O empresário está entre os investigados que tiveram mandados de prisão expedidos durante a Operação Rádio Patrulha, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na última terça-feira (11).

De acordo com o MP, “como o mandado de prisão está aberto e não houve apresentação, o investigado, assim como o ex-secretário de Assuntos Estratégicos do Governo do Paraná, Edson Casagrande, são considerados foragidos da Justiça”. Em nota, a assessoria de Malucelli informou que o empresário está de férias no exterior e que antecipou o retorno para o Brasil, previsto para o dia 24 de setembro. “Joel Malucelli está fora do país e confiante de que irá provar que as acusações são improcedentes. O empresário nega ter cometido qualquer irregularidade e sempre esteve à disposição das autoridades para prestar esclarecimentos”, completa a nota.

O empresário, assim como o ex-governador Beto Richa e a ex-primeira-dama, Fernanda Richa, está entre os 15 investigados pela Operação Rádio Patrulha, deflagrada pelo Gaeco, que apura o pagamento de propina e superfaturamento de contratos para a manutenção e recuperação de estradas rurais, durante o programa Patrulha no Campo.