Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Lei estadual institui dia de luta contra o racismo

(Foto: Rodrigo Félix Leal/ANPr) - Lei estadual institui dia de luta contra o racismo
(Foto: Rodrigo Félix Leal/ANPr)

O Paraná conta com mais um dia para lembrar e incentivar ações de combate ao racismo. Nesta quinta-feira (21), o governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou a lei que institui o Dia Estadual de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial. Na cerimônia, realizada no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o governador afirmou que a nova lei prevê ações para as pessoas refletirem sobre um tema importante e urgente para sociedade.

A Lei define que a data será celebrada anualmente em 21 de março, com campanhas e ações educativas realizadas pelos poderes Executivo e Legislativo. “O Paraná já é referência em tantas áreas, como agronegócio, geração de empregos e inovação. Queremos também ser referência em relacionamento humano, conviver como iguais, independe da cor, raça, religião ou posição política e social”, disse ele.

União 

A lei foi proposta pelo deputado estadual Anibelli Neto. De acordo com o parlamentar, essa parceira entre os poderes Executivo e Legislativo é essencial para o combate ao preconceito. “Somos poderes independentes, mas que unidos têm muito mais força. Agora, com a sanção desta lei pelo governador, tenho a convicção de que vamos levar as ações aos quatro cantos no Estado do Paraná”, disse.

A secretária nacional de Políticas de Promoção e Igualdade Racial, Sandra Terena, disse que a iniciativa do governo é extremamente importante e significativa, pois no Brasil 54% da população é negra e a cada 23 minutos um negro é assassinado no país. “Portanto, essa ação vai dar ainda mais visibilidade ao tema e colaborar com o enfrentamento do racismo”, afirmou.

Para o secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, o poder público deve atuar para combater o racismo. “Temos que fazer um trabalho de conscientização, esclarecimento e educação contra essa chaga, que não poderia existir nos dias atuais”, afirmou.

Luta 

A Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o 21 de março como Dia Internacional da Luta pela Eliminação do Preconceito Racial. A data foi escolhida em referência ao massacre que ocorreu no bairro Sharpeville, em Joanesburgo, na África do Sul, no 21 de março de 1960, quando 69 pessoas morreram e 180 ficaram feridas durante um protesto contra as leis apartheid.

Colaboração AEN

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo