Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Oito vereadores de Curitiba trocam de partido

(Foto: Chico Camargo/CMC) - Oito vereadores de Curitiba trocam de partido
(Foto: Chico Camargo/CMC)

Oito vereadores de Curitiba trocaram de partido para concorrer às eleições municipais deste ano. O prazo para a mudança de legenda encerrou no último sábado (2), seis meses antes da votação.

Os vereadores Pedro Paulo e Jonny Stica trocaram o PT pelo PDT. Além deles, Bruno Pessuti e Carla Pimentel deixaram o PSC e, junto com Felipe Braga Côrtes, que era do PSDB, filiaram-se ao PSD. Os outros que mudaram de legenda são Paulo Rink, que deixou o PPS e foi para o PR; Toninho da Farmácia, antes PP e que se filiou ao PDT; e Jorge Bernardi que saiu do PDT e tornou-se o primeiro vereador da Rede em Curitiba.

De acordo com levantamento da Comunicação da Câmara Municipal, após as mudanças o plenário da Casa, que tem 38 cadeiras, segue fragmentado entre 20 partidos políticos. O PSC continua entre as maiores bancadas do Legislativo, antes com seis e agora com quatro parlamentares, junto com o PSD e com o PDT. PV, PSDB e PSB têm três. DEM, PTB e PSDC, dois. As demais legendas, 11, possuem apenas um representante no Legislativo (PP, PMN, PSL, PPS, Rede, PT, PMDB, PR, Pros, PRB e SD).

A Lei das Eleições determina que, para concorrer, o candidato deverá estar com a filiação deferida pelo partido no mínimo seis meses antes da data do pleito.

Colaboração Câmara Municipal de Curitiba

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo