Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Prefeito de Iporã é condenado por improbidade administrativa pelo MPF

(Foto: MPF) - Prefeito de Iporã é condenado por improbidade administrativa pelo MPF
(Foto: MPF)

O prefeito de Ibiporã, Roberto da Silva (PSDB), foi condenado por improbidade administrativa pelo Ministério Público Federal (MPF). A decisão foi emitida na última sexta-feira (22), depois que o prefeito deixou de fornecer dados e omitiu informações de pelo menos 25 ofícios entre os anos de 2013 e 2018.

Para o MPF, Silva agiu com má-fé ao não cooperar com as investigações. Entre os inquéritos entregues à prefeitura que não foram atendidos estão: irregularidades na execução do Programa Minha Casa Minha Vida; problemas na carga horária cumprida por profissionais da saúde e inadimplência do munício de Iporã.

De acordo com o magistrado que assinou a sentença, João Paulo Nery dos Passos Martins, o prefeito não cumpriu o mínimo esperado na função. “As informações e dados técnicos requisitados pelo MPF servem para verificar a atuação da conduta dos agentes públicos. Nesse caso, a conduta do réu ocasionou retardo e obstrução na tramitação dos inquéritos civis instaurados”, destacou o juiz.

Na sentença, foi determinada uma multa civil de R$ 10 mil para cada inquérito civil em que foi caracterizado o ato, totalizando R$ 40 mil.

A reportagem procurou a defesa do prefeito, mas não conseguiu contato com a Prefeitura de Iporã.

Colaboração MPF

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo