Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Só 11 mil fizeram o recadastramento até agora em Santo Antônio da Platina

(Foto: Antônio de Picolli / Tribuna do Vale) - Só 11 mil fizeram o recadastramento até agora em SAP
(Foto: Antônio de Picolli / Tribuna do Vale)

A menos de 30 dias para encerrar o prazo do recadastramento eleitoral biométrico, pouco mais de 11 mil pessoas regularizaram seus títulos em Santo Antônio da Platina. Levando em conta que o município tem aproximadamente 32 mil eleitores aptos, pouco mais de 30% do eleitorado procurou o Cartório Eleitoral para se recadastrar. 

Para dar conta da demanda, a 22ª Zona Eleitoral de Santo Antônio da Platina vai fazer atendimento estendido aos eleitores nos dias 3 (sábado) e 4 (domingo) de junho, das 9h às 18 horas. Não há mais horários disponíveis para agendamento online para o mês de maio, somente para junho.

Diariamente a unidade chega a atender cerca de 700 pessoas, mas, de acordo com a chefe do Cartório Eleitoral Ana Paula Pavanini Navas, a meta na próxima semana é aumentar para 850 atendimentos por dia. Desde quarta-feira (17), 30 pessoas fazem o atendimento ao público, sendo seis estagiários e 24 terceirizados, das 9h às 18 horas. Com ambiente completamente lotado, a média de espera para quem tem agendamento é de no máximo 30 minutos, já para as pessoas que comparecem sem agendamento é de duas horas ou mais.

Com o local abarrotado, foi instalada uma tenda na parte de fora da unidade para acomodar os eleitores que aguardam para ser chamados no guichê, pois, o prédio não comporta o número elevado de pessoas. A partir de junho, os agendamentos podem ser feitos através do endereço www.tre.pr.jus.br.

Os documentos necessários para cadastramento biométrico são um documento original que comprove identidade com foto; Carteira de identidade (RG); Carteira de trabalho e previdência social; Carteira profissional; Passaporte modelo antigo (verde); Passaporte modelo novo (azul) que deve ser complementado por outro documento, pois não possui registro de filiação; Carteira de motorista (para 1º título deve estar acompanhada de outro documento, pois não contém a nacionalidade).

Na falta de documento público com foto poderá ser apresentada certidão de nascimento ou certidão de casamento; Título eleitoral original, se houver; Cadastro de Pessoa Física (CPF), quando disponível; Comprovante de domicilio eleitoral, por meio de documentação atualizada (original) que comprove sua residência ou que demonstre seu vínculo profissional ou econômico, patrimonial (pela propriedade) ou seu vínculo comunitário no município, como contas de luz, água ou telefone, notas fiscais, envelopes de correspondência, contracheque, cheque bancário em que conste o endereço do correntista, documento do Incra.

Colaboração tanosite.com