Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Internet das coisas será o tema central da Arenatech 2016, em novembro

(Foto: Leandro Czerniaski / Imprensa PMFB) - Internet das coisas será o tema central da Arenatech 2016, em novembro
(Foto: Leandro Czerniaski / Imprensa PMFB)

Workshop, palestras, mostras de novos produtos, espaços dedicados a startups e novidades tecnológicas fazem parte da programação da segunda edição da Arenatech. O evento é o maior da área de tecnologia e inovação de Francisco Beltrão e foi lançado nesta quinta-feira (27) pela organização. 

“A Arenatech é, em princípio, uma grande mostra do que os ativos tecnológicos, estudantes e empresas daqui produzem, mas também uma oportunidade de se pensar novas soluções para problemas e questões locais, fortalecendo o ramo da tecnologia, aliada com as outras cadeias produtivas do Sudoeste, e melhorando nossa competitividade”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Izete Passaia.

Também participaram do lançamento no Centro de Inovação e Tecnologia (CIT-FBE) representantes da Incubadora Findex, da Fundação Tecxel, Acefb, Sebrae e empresas ligadas à área.

Neste ano, a Arenatech acontece entre os dias 17 e 19 de novembro, no centro de eventos do parque de exposições. O tema central do evento é a chamada internet das coisas, que envolve a conexão de vários aparelhos e dispositivos do cotidiano, como os próprios eletrodomésticos e meio de transportes, à internet.

Um dos focos do evento será o envolvimento com a comunidade em geral. A Arenatech terá espaços dedicados às crianças, como o Estação Ciência, que será visitado por alunos de escolas, e food truck para alimentação. Outras novidades também estão programadas, como o pólo astronômico e o espaço maker, em parceria com o Parque Tecnológico de Itaipu.

Colaboração Assessoria de Imprensa.