Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Maratona vai estimular criação de soluções para a ‘acessibilidade’

Começa nesta sexta-feira (11) e segue até domingo (13), em Ponta Grossa, o Hackathon de Acessibilidade, evento realizado pelo Sebrae/PR e pelo Programa de Inclusão da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho (PROPcd). A abertura oficial acontece às 18 horas, na Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (Acipg). A ideia é que os maratonistas desenvolvam soluções de acessibilidade para os problemas enfrentados diariamente pelas pessoas com deficiência.

Podem participar da maratona de ideias pessoas de qualquer profissão ou habilidade, desde que saibam utilizar tecnologias para transformar informações de interesse público em soluções na área de acessibilidade. Os inscritos devem ser brasileiros e ter mais de 18 anos. Menores de idade poderão participar mediante entrega do termo de responsabilidade, assinados pelos responsáveis, à comissão organizadora.

As inscrições podem ser feitas até as 23 horas e 59 minutos desta quinta-feira, dia 10 de novembro, por meio da plataforma https://www.sympla.com.br/somos---hackathon-de-acessibilidade__96010. O processo de inscrição é individual, mas quem já tem uma equipe basta indicar no formulário o nome dos integrantes. Serão permitidos, no máximo, cinco membros por equipe, e as vagas são limitadas. As equipes serão formadas com programadores, desenvolvedores, profissionais de negócios, designers e inventores. 

“Contamos com 26 patrocinadores e apoiadores no Hackathon de Acessibilidade. Nossa expectativa é que os participantes criem soluções para atender as necessidades das pessoas que enfrentam problemas relacionados à acessibilidade”, diz a consultora do Sebrae/PR Thaise Amaral Orita, ao frisar que os principais problemas de acessibilidade serão apresentados aos participantes no dia do evento. “Eles terão que criar soluções de base tecnológica, o que constitui uma startup, e apresentá-las ao final do evento”, completa.

Haverá premiações em dinheiro. Os três primeiros colocados receberão os valores de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil, respectivamente. A premiação contempla, ainda, consultoria técnica especializada pelo Sebrae/PR, entre outros prêmios.

Colaboração Assessoria de Imprensa.