Procura por atendimento médico diminui em Ponta Grossa durante lockdown

A cidade permaneceu 10 dias sob medidas mais restritivas

Após os 10 dias de lockdown em Ponta Grossa, a Fundação de Saúde do município (FMS) avaliou os resultados das medidas mais restritivas na cidade. Embora ainda não haja dados concretos vindos da FMS, alguns hospitais da cidade registraram queda no número de atendimentos.

Um deles é o Hospital Geral Unimed, que identificou uma queda de 24% da média móvel dos atendimentos realizados no pronto atendimento exclusivo para casos respiratórios, se comparado aos 14 dias anteriores

Porém, o hospital esclarece que ainda é prematuro afirmar que a diminuição dos atendimentos tenha sido ocasionada somente pelo lockdown.

Veja mais detalhes na reportagem completa do Tribuna da Massa Ponta Grossa desta terça-feira (30):