Pai e filho saem de moto e criança morre após batida com ônibus

As causas de um gravíssimo acidente, que terminou com a morte de um garotinho de quatro anos ainda estão apuradas, mas a suspeita é de que a falta do uso do capacete tenha contribuído com a fatalidade, segundo os bombeiros. O pai do menino sofreu ferimentos graves e foi socorrido de helicóptero. A batida aconteceu na tarde deste domingo (21), em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba.

Pai e filho seguiam de moto pela Rua Elísio Ferreira do Nascimento próximo ao cruzamento da Rua das Laranjeiras, quando bateram de frente contra um ônibus da linha Tanguá. O impacto foi tão forte, que a criança ficou inconsciente no local e chegou a ser socorrida pelos médicos do Siate, mas acabou não resistindo após 40 minutos de massagem cardíaca.

Devido aos ferimentos, o pai da criança precisou ser socorrido às pressas e foi encaminhado com o helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (Bpmoa) até um hospital. O estado de saúde dele é delicado e inspira cuidados.

Conforme os socorristas, existe a suspeita de que a criança estivesse sem o capacete, já que bateu com a cabeça no asfalto e o equipamento não foi localizado no local da batida. O corpo do menino foi encaminhado ao morgue de um hospital e, posteriormente, ao IML de Curitiba.

(Foto: BPMOA)