Veja quais são as doenças mais comuns do verão e como evitá-las

O verão é a estação preferida de 48% dos brasileiros, de acordo com o site de reservas de viagens booking.com. Apesar do favoritismo, o período pode facilitar o surgimento de algumas doenças.

Foto: Adobe Stock

A clínica geral dos hospitais Universitário Cajuru e Marcelino Champagnat, Larissa Hermann Nunes, citou as três doenças mais comuns que surgem durante a estação: intoxicação alimentar, problemas de pele e arboviroses (vírus transmitidos por mosquitos).

“A gente vê um aumento dos atendimentos principalmente por intoxicação alimentar nesse período do ano. Outros casos como dor de ouvido, conjuntivite e insolação tem menos registros”,

diz a médica.

Intoxicação alimentar

A médica destacou que a doença pode acontecer em condições mais variadas: “os microorganismos acabam se multiplicando com mais facilidade no calor”, complementa.

A intoxicação alimentar pode se manifestar após a ingestão de água ou comida contaminada (com vírus, bactérias ou toxinas), que acabam resultando em vômito e diarreia.

“Temos que ter certeza que os alimentos foram bem lavados, que está bem cozido e que foi preparado da forma correta”,

afirma.

É importante, ainda, dar preferência para água filtrada e lavar as mãos. Se os sintomas persistirem por mais de dois dias ou junto com isso for notado sonolência, menos urina, coração acelerado e mal estar, é preciso de atendimento medico imediato.

Doenças de pele

Os problemas de pele relacionados a exposição ao sol, como a insolação e queimaduras, acontecem por causa da exposição a microorganismos. Podem se manifestar, ainda, algumas micoses (doenças causadas por fungos).

“O uso do protetor solar é essencial e deve ser aplicado a cada duas horas ou toda vez que sai do mar”, acrescenta Larissa. A médica também alerta que evitar se expor ao sol nos horários de pico (das 10h às 16h) e tomar bastante líquido ajuda a evitar o processo de insolação.

Arboviroses

As arboviroses são doenças transmitidas por insetos, como Dengue e Chikungunya. A manifestação acontece quando o tempo fica mais quente e os mosquistos se proliferam com mais frequência. Os vírus causadores dessas doenças são transmitidos pelo Aedes aegypti.

Atitudes de prevenção em relação às fases na água (Ovos – Larvas – Pupas):

  • Eliminar água parada dos pratinhos e vasos de plantas;
  • Manter caixas d’água tampadas;
  • Colocar tela nos ralos de água da chuva;
  • Secar pneus e protegê-los da chuva;
  • Limpar calhas da residência;
  • Escovar os pratos e trocar a água dos pets (1x por semana).

Atitudes de prevenção em relação à fase adulta:

  • Usar repelente para o corpo;
  • Usar repelente de ambiente;
  • Usar mosquiteiro em especial em pessoas acamadas /ou crianças, e antes do uso verificar se não está furado, nem existem mosquitos dentro;
  • Usar roupas que protejam braços, pernas e pés;
  • Telar portas e janelas das casas.

Pontos
turísticos

O litoral paranaense conta com diversos pontos turísticos incríveis! Permita-se conhecer e se encantar com a beleza natural do Paraná! Conheça!

O maior grupo de comunicação do Paraná.

O melhor do SBT em 5 emissoras de TV.

70 emissoras de rádio em todo o Brasil.

A notícia em movimento.

27ºC

Curitiba...