Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

As cidades mais baratas do mundo para se viver

- As cidades mais baratas do mundo para se viver

Em qualquer lugar do mundo, as pessoas tem as mesmas necessidades para o dia a dia. Todos precisamos de: casa para morar, opções para se locomover e se comunicar, além da alimentação, certo?

E quando viajamos, também precisamos de tudo isso: hospedagem, transporte, comida, telefone e internet, sendo a única diferença o fato de estar em outro local diferente do seu lar habitual, distante ou não, os custos também dependem de quanto tempo ficará fora.

Com isso, ao viajar, tem-se uma boa noção de como os habitantes locais vivem, quanto gastam, gerando uma ideia do custo de vida com tudo que acaba usufruindo.

Pensando nisso, a Nestpick (fundada em 2014 como uma plataforma de pesquisa imobiliária), fez uma análise de 80 cidades do mundo, pesquisando quando custa por mês viver em cada uma e quanto você precisa caso queira se mudar para lá.

Quer saber quais são?
Abaixo segue a lista por ordem da mais barata para a mais cara:

1. Cairo, Egito — € 560,41 / R$ 2.431
2. Bangalore, Índia — € 633,71 / R$ 2.749
3. Bucareste, Romênia — € 644,26 / R$ 2.795
4. Budapeste, Hungria — € 742,85 / R$ 3.223
5. Riga, Letônia — € 795,09 / R$ 3.450
6. Cidade do México, México — € 804,98 / R$ 3.493
7. Sofia, Bulgaria — € 812,36 / R$ 3.525
8. Praga, República Checa — € 826,17 / R$ 3.584
9. Medellín, Colômbia — € 837,35 / R$ 3.633
10. Kuala Lampur, Malásia — € 865,79 / R$ 3.756

Como pôde ver, a capital do Egito, é a que apresenta os menores custos de vida do mundo inteiro. Na outra ponta, a cidade com os custos de vida mais elevados foi Dubai, precisando de mais de 3.600 euros (R$ 15.600) por mês para viver por lá.

A única cidade brasileira que aparece no ranking e ocupa a 21ª posição na lista é São Paulo. E segundo o estudo, para viver na cidade paulista é preciso desembolsar €1,010 (R$ 4.406). Realidade muito diferente de muitos brasileiros que trabalham e lutam por todos os serviços citados, até então, básicos, sem contar com saúde, educação e outros itens complementares.

E você consegue comparar o seu custo de vida com qual das cidade? Tem vontade de se mudar? Conta pra gente.

*foto pública.