Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

A bordo do navio da Disney pelas águas azuis do Caribe

O Capitão Mickey tem agenda atribulada a bordo do cruzeiro Foto: Matt Stroshane/ Disney - A bordo do navio da Disney pelas águas azuis do Caribe
O Capitão Mickey tem agenda atribulada a bordo do cruzeiro Foto: Matt Stroshane/ Disney

É longo o dia de trabalho do Mickey. E suas habilidades, múltiplas.  Todas as noites, ele dá plantão nos restaurantes para abraçar e tirar fotos com os hóspedes. Também será visto na praia, vestindo bermudão, fazendo as honras da casa. Tudo isso depois de acordar cedo: afinal, é ele mesmo o comandante do Disney Magic, o navio de 877 cabines, para até 2.450 pessoas no qual embarquei em março para um cruzeiro de cinco noites pelas águas do Caribe.

Mas não faltam assistentes estrelados ao onipresente comandante Mickey. Rapunzel, personagem principal do filme Enrolados, acaba de virar dona de restaurante no navio – o Rapunzel’s Royal Table foi inaugurado em março. Heróis do universo Marvel também são figurinhas frequentes pelos deques – o badalado Pantera Negra entre eles. Todos com a mesma missão: entreter os hóspedes.

Rapunzel

Rapunzel

O restaurante Rapunzel’s Royal Table foi inaugurado em março deste ano Foto: Matt Stroshane/ Disney

Como eu não fiz um cruzeiro antes? Esta pergunta, me fiz ao fim do período, quando já estava muito mal acostumado com tanta mordomia, atenção e com a facilidade de curtir férias sem ter de pensar em nada a não ser em me divertir e relaxar. E, ainda por cima, cercado de personagens que remetem à infância, mas com atrativos também para adultos com ou sem filhos, em família ou entre amigos, com o vô e a vó. Sim, o cruzeiro Disney é para todo mundo que esteja disposto a entrar no clima.

A Disney tem quatro navios – além do Magic, no qual naveguei, Dream, Fantasy e Wonder – que fazem cruzeiros pelo Caribe, norte da Europa, fiordes da Noruega, Mar Mediterrâneo, Califórnia, México e Alasca. Como novidade para 2019, o grupo terá partidas de Roma, com visitas a portos na Suécia e Espanha, entre outros.

Levantar âncoras. O encantamento começa no embarque, em Miami. Depois do check-in no porto, que é muito parecido com o dos aeroportos (e também pode ser feito online), uma equipe recebe os passageiros dentro do navio com palmas e animação, inclusive anunciando o sobrenome de cada família, em meio a uma decoração que lembra o glamour de décadas passadas. Cafona? Que nada: engraçado e maravilhoso.

Meu quarto pelas próximas cinco noites era uma cabine com varanda, diariamente arrumada no capricho por uma equipe de camareiros solícita e talentosa, capaz de transformar as toalhas limpas deixadas sobre a cama na serpente Kaa, de Mogli, e no martelo de Thor.

Nos dias que se seguiram, fui descobrindo todos os espaços do enorme navio. A academia, a piscina exclusiva para adultos, o spa (pago à parte). Os clubes infantis separados por idade: It’s a Small World, de 0 a 2 anos (US$ 9 a hora); Oceaneer Club, onde crianças de 3 a 12 anos podem brincar no quarto de Andy, de Toy Story; Edge, para pré-adolescentes de 11 a 14 anos, focado em games; e o espaço Vibe, que recebe os teens de até 17 anos (monitores avisam: os beijos dos jovens casais são interrompidos).

Também aprendi que o navio tem bares exclusivos para maiores de 18 anos, como o O’Gills Pub. E ainda uma opção curiosa de diversão: a Silence Party (festa silenciosa) no Fathom Lounge Disco e Nightclub. Começa às 23 horas e os baladeiros devem usar fones, nos quais se pode sintonizar três estações, com músicas de estilos distintos. O curioso é perceber que, depois de algum tempo, estão todos cantando alto e forma-se um coral na pista de dança. Nesta, Mickey não deu as caras. Provavelmente dormia para mais um longo dia trabalho.

Programe-se

1. Cartão de crédito

Você vai precisar de um, internacional, que será conectado à chave do seu quarto e usado para a cobrança das despesas extras a bordo.

2. Enjoos

São uma preocupação em cruzeiros. Farmácias comuns vendem pulseira anti-enjoo por cerca de US$ 20, mas não são 100% confiáveis. A bordo, peça ajuda aos tripulantes: os garçons oferecem pedaços de maçã e ginger ale (um refrigerante de gengibre) gelado.

3. Conexão

A internet do navio é relativamente boa. Mas o preço é tão salgado quanto a água do mar: US$ 90 por um pacote de 1Gb. No embarque, você recebe 50 Mb de cortesia, que se esgotam rapidamente.

4. Reservas

Os passeios nos portos de parada são pagos à parte. E precisam ser agendados com antecedência via aplicativo, site ou balcão do deque 3.

Como ir: roteiro de cinco noites no Disney Magic, com paradas em Cozumel (México) e Castaway Cay (Bahamas) custa a partir de US$ 2.254 para duas pessoas em cabine interna, e de US$ 2.824, com varanda. A tarifa inclui todas as refeições e lanches nos restaurantes principais, bebidas não alcoólicas, estrutura de lazer, shows estilo Broadway e festas no deck, além dos encontros com personagens. Site: disneycruise.disney.go.com.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo