Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Voar com ou sem bagagem de mão?

Fotos, arquivo pessoal - Voar com ou sem bagagem de mão?
Fotos, arquivo pessoal

Com a promessa de reduzir o valor das passagens aéreas, as empresas resolveram cobrar para despachar as bagagens.

Havendo uma permissão para levar a bordo bagagens dos seguintes tamanhos e pesos (aproximados)*: 55cm x 35cm x 25cm (altura x largura x espessura), de até 10kg, para voos nacionais.
*Sugerimos consultar a cia aérea que irá viajar.

Mas, sem uma economia aparente no valor das passagens aéreas nacionais, a maioria dos passageiros preferiu diminuir seus pertences e levar a mala a bordo ao invés de pagar para despachar, mesmo que isso acarrete certo desconforto ao carregar e empurrar a bagagem pelo aeroporto, sendo também, quase sempre um transtorno, levantar a mala dentro do avião para acomodar no bagageiro, muitas vezes sem espaço.

Mas, com o grande volume e excesso de malas de mão levadas hoje em dia para dentro das aeronaves, muitas companhias estão anunciando logo ao iniciar o embarque, que os passageiros que quiserem despachar sua mala de mão voluntariamente e gratuitamente, até o destino final, poderão fazer - mesmo para aquelas bagagens que estejam dentro do padrão consideradas permitidas.

Não deixa de ser uma estratégia da companhia, já que a falta de lugar para a mala dentro da aeronave, pode acarretar inclusive, atraso na decolagem, o que não é nada bom para a empresa, além de evitar irritação, constrangimento e quem sabe, discussões entre os próprios passageiros e desgastes com a tripulação.

Lembrando que essa situação é real, ocorreu hoje, dentro do aeroporto internacional de Brasília, em uma quinta-feira, final do dia, de baixa temporada.
Imagina em época de férias?

E que tal algumas dicas, caso você queira levar sua bagagem dentro da aeronave:
- Independente da localização da sua poltrona, não fique muito para o final do embarque, mesmo que tenha que ficar um pouco em pé na fila.
Em se tratando da fila ‘comum’, sem contar com as filas de prioridades ou cartões de crédito ‘x’ que geralmente são mais rápidas, pois a chance de ainda ter espaço para sua mala é consideravelmente maior.
- E fique atento ao número do seu acento, já que normalmente eles chamam do final do avião para frente, ficando mais organizado e de fácil a locomoção. - De qualquer maneira, quanto antes você entrar no avião, será melhor para conseguir um lugar para a sua mala.

E a pergunta é: Essa regra é para sempre? Será que existe a possibilidade de alguma mudança? Das empresas aéreas voltarem atrás e não cobrarem mais pelo despacho?

Bom, nos resta aguardar os próximos vôos, decolagens e sinais de melhora.
Boa viagem!

*Fotos, arquivo pessoal

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo