4 tipos de olheira e como tratar

Dias cansativos, noites mal dormidas ou simplesmente fatores genético, são vários os motivos para as olheiras e cada uma é identificada por uma característica. Você sabe a causa da sua?

Existem 4 tipos de olheiras e talvez você se identifique com uma delas.

Olheira profunda

É quando a olheira é funda embaixo dos olhos perdendo o volume habitual. Ela se dá por um fator genético, por isso muitas pessoas desenvolvem desde muito cedo, dando uma impressão de envelhecimento ao rosto.

Olheira melânica

São aquelas olheiras mais castanhas e amarronzadas, elas são causadas pelo excesso de melanina na região dos olhos, por fatores hormonais e a exposição ao sol também pode influenciar.

Olheira vascular

Apresentam uma coloração mais azul, roxa ou vermelha. Ela ocorre pela dificuldade de circulação sanguínea na área abaixo dos olhos.

Olheira mista

Esse tipo de olheira é a mistura de todos os outros tipos mencionados. Juntando vários fatores, no qual a pessoa nem sempre sabe como tratar corretamente.

Independente do tipo da olheira, o fato é que muitas vezes passa-se anos tentando tratá-las com cosméticos e maquiagens que nem sempre dão certo. Esse processo se torna cansativo e pode acabar com a autoestima, não é mesmo?

Por isso, a biomédica Dra. Eliane Pescador da Ane Bello Estética dá a solução para esse problema: o preenchimento com ácido hialurônico. “Esse tratamento é um dos mais eficazes para as olheiras, porque ele vai atuar proporcionando volume, acabando com o contorno escuro aparente, além de hidratar a região”, explica a especialista. Além de preencher, esse ácido também serve como um reforço para hidratação da pele.

Antes do tratamento é aplicado uma anestesia local e o ácido é aplicado com uma agulha fina, mas não tenha medo, pois você não sente nada! O seu efeito é imediato e dura entre 6 a 18 meses podendo ser reaplicado para retoques.