A bola vai rolar: 5 curiosidades sobre a Copa do Mundo

Em novembro, começa um dos maiores eventos do mundo. Na Copa do Mundo, vemos uma união ímpar de diversos países e costumes que relembram o caráter popular, democrático e, acima de tudo, plural do futebol. No Brasil, a voz das arquibancadas vai ecoar o hexa e mudar rotinas e modelos de consumo, despertando memórias e emoções nos torcedores.  

Mas você sabia que há muitas curiosidades sobre o futebol que nem todos têm conhecimento ? A Inglaterra, por exemplo, tem a fama de ter inventado o jogo, porém, apenas criou as regras. Os pioneiros na verdade foram os chineses e japoneses, que já batiam os pés na bola há pelo menos 2 mil anos. 

O responsável pela chegada do futebol no Brasil foi Charles Miller, um estudante paulista que retornava da Inglaterra, em 1894, trazendo na bagagem uma bola, uniformes e um livro com as regras. No começo, apenas a elite praticava o esporte. Existia uma relutância em deixar que o futebol se popularizasse. Porém, as barreiras não foram suficientes para impedir a democratização. Aliás, se o futebol continuasse limitado, talvez não pudéssemos dizer hoje que somos uma referência mundial. 

Veja aqui outras cinco curiosidades sobre a Copa do Mundo que talvez você não saiba: 

  1. A primeira Copa do Mundo aconteceu em 1930

Já na primeira edição, realizada no Uruguai, a Copa do Mundo mobilizou multidões de torcedores (que fizeram muito barulho) dentro dos estádios. Na final, havia 93 mil pessoas no Estádio Centenário. 

  1. Em 1938, com a primeira transmissão da Copa pelo rádio, as aglomerações se intensificaram

Esse foi o primeiro mundial com transmissões ao vivo pelo rádio. O brasileiro acompanhou cada passo da seleção em tempo real. Verdadeiras multidões se concentravam nas ruas, nas praças e nos estádios de futebol para escutarem os passes e gols, que eram amplificados por alto-falantes. Até então, apenas os jornais impressos faziam as coberturas dos mundias no Brasil. 

  1. A primeira transmissão na TV em cores aconteceu em 1970 

A Copa desse ano foi o primeiro evento a ser transmitido ao vivo e em cores pela televisão brasileira. A notícia provocou uma corrida às lojas de eletrodomésticos, que venderam milhares de aparelhos nos meses que antecederam a ocasião. 

  1. Em 2010, as redes sociais viraram pontes de interação com os jogos

Nesse período, a segunda tela (um olho no jogo e outro nas redes sociais) serviu para que o torcedor começasse a interagir em tempo real (principalmente no Twitter, Orkut e no Facebook) sobre cada lance do jogo. Os amantes da bola passaram a se manifestar, criticar ou elogiar técnicos, juízes e jogadores, além de trocar ideias com outros torcedores de todo o mundo. 

  1. Em 2022, a maioria dos brasileiros acredita que o país será campeão

Hoje, embora muitos torcedores se sintam mais distantes da seleção brasileira, 71% acreditam que o Brasil vencerá a Copa do Mundo deste ano e que, com isso, o povo irá se reconectar com o futebol. 

Por Julia Ades