Aprenda tudo sobre os cabelos grisalhos

Canice é o nome científico para o embranquecimento dos fios de cabelo. É uma característica natural do envelhecimento, que ocorre em graus variados de acordo com a herança genética, independente do sexo e da cor dos cabelos. 

O mecanismo celular e a causa exata do clareamento do fio ainda não estão totalmente esclarecidos. Uma das principais causas é a perda do pigmento de melanina (pigmento que dá a cor do cabelo) devido à redução da atividade dos melanócitos (células que produzem melanina). Essas células, com a idade, tendem a produzir menor quantidade de pigmento e também a formar menos grãos de pigmento que serão transmitidos de forma deficiente para os fios, ocasionando o tom acinzentado e posteriormente os fios brancos. Portanto, a queda na produção de melanina fará os fios brancos aparecerem, mais cedo ou mais tarde, a percepção da cor “branca” ocorre pela reflexão da luz na queratina do cabelo (proteína que forma o fio).

Cada vez mais se discute e se estuda a influência dos radicais livres de oxigênio no envelhecimento, tanto da pele como dos cabelos. É possível que esses radicais livres interfiram no processo de formação de melanina no interior dos fios e que esse mecanismo se torne mais intenso com o passar dos anos.

Com a idade, além da redução da melanina, os fios passam por outras transformações. Antes dos 50 anos temos uma média de três fios de cabelo em cada folículo piloso. Ao se aproximar dos 50 anos e depois, a redução hormonal gera uma redução na quantidade de fios, passando para um fio por folículo piloso. Com a chegada da menopausa, devido às alterações hormonais, é comum que os fios fiquem mais ralos. Há diminuição da densidade dos cabelos e a duração da fase de crescimento dos fios é menor. Assim, a lubrificação natural do couro cabeludo e dos fios se torna menor com a idade, o que faz parte do processo de envelhecimento.

Confira as dicas para cuidar dos cabelos grisalhos no Destaque Ponta Grossa Edição Completa de hoje (02):