Consumo de vinhos aumenta no país e cresce procura por franquias no setor

Os brasileiros estão tomando mais vinho. É o que demonstra um levantamento da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho), que identificou que o consumo da bebida cresceu 18,4% em 2020 no país. Ainda de acordo com a estimativa, o brasileiro bebeu em 2020, em média, 2,6 litros de vinho, superando os 2 litros ao ano por pessoa registrados no período anterior.

O resultado é que o Brasil passou de uma média de 360 milhões de litros para 430 milhões entre 2019 e 2020 – o aumento mais expressivo entre os países associados. Segundo Alexandre Bratt, CEO da Grand Cru, rede de importação e distribuição especializada em vinhos, as medidas de isolamento social estabelecidas por diferentes governos em todo o planeta no âmbito da pandemia de Covid-19 podem ter favorecido o aumento no consumo de vinhos no país.

“Com o lockdown, os brasileiros tiveram que mudar seus hábitos da noite para o dia, o que alterou não apenas rotinas, mas hábitos de consumo. Nesse sentido, o vinho caiu no gosto do brasileiro, razão pela qual o empreendedor que busca oportunidades deve considerar investir no setor”, analisa.

Franquia é oportunidade para investir no setor de vinhos

O CEO da Grand Cru destaca que a expansão no segmento de vinhos no Brasil acompanha o crescimento do mercado de franquias, que também teve alta em 2020, conforme apontam os dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising).

Os dados da entidade citada por Alexandre também indicam que houve um aumento de 3,3% no número de franquias abertas em 2021, frente aos 2,4% do número de lojas abertas em 2020, o que resulta em um saldo positivo de 1,9%.