Cresce o conceito de viagens em grupo para pessoas que estão sem companhia

Viajar é a principal opção de lazer para muitos brasileiros que, em muitos casos, se veem em uma situação difícil ao não contar com uma companhia para a viagem.

De acordo com Renata Guedes, CEO e fundadora da agência Single Trips, empresa com foco em viagens para grupos de pessoas que não possuem um parceiro para viajar, o conceito de turismo sem uma companhia é algo que dá seus primeiros passos no Brasil. “Ainda não é comum porque muita gente não conhece agências como a Single Trips e, quase sempre, ficam dependentes de companhias para viajar. Muitos, quando conhecem nossas operações, afirmam que é uma libertação, porque é muito difícil conciliar data, finanças e perfil de viagem para ter uma companhia para viajar. A demanda existe, e essas pessoas que estão sozinhas estão descobrindo soluções como as que oferecemos”, relata.

A agência realiza viagens para os mais diversos lugares ao redor do mundo e sua atuação se dá por grupos fechados com um determinado número de pessoas. Renata revela que a maioria dos viajantes são mulheres, que se sentem mais seguras com esse tipo de opção. “Temos viagens que se encaixam em praticamente todos os perfis e, com menos de um ano de atuação, são quase 200 depoimentos de clientes que se libertaram da obrigação de ter um companheiro de viagem e optaram pela nossa metodologia, que oferece segurança para que essas mulheres viajem sem preocupações”, pontua.

Mesmo oferecendo opções para os mais diversos perfis, o foco da Single Trips está nas viagens para ambientes com riquezas naturais ou que tragam uma conexão cultural com a região. “A nossa proposta é conectar as pessoas para fazer novas amizades, então não incentivamos tanto lugares em que o foco são festas, por exemplo. Claro, os turistas que quiserem sair à noite poderão fazê-lo, mas o nosso objetivo é viver a experiência e a cultura local. Existe muita procura por lugares conhecidos pela natureza, e nós oferecemos pacotes para todas as regiões de ecoturismo do Brasil, inclusive em lugares onde agências comuns não costumam operar, como, por exemplo, a Serra da Capivara”, declara.

Além das viagens em grupo, que oferecem uma grande possibilidade de interação com pessoas novas, a Single Trips disponibiliza um guia turístico que irá acompanhar o grupo durante toda a viagem, garantindo um melhor aproveitamento em relação às atrações locais.

De acordo com a fundadora, a agência é de grande importância para mulheres que, independentemente do motivo, estão sozinhas e desejam ter uma vida social mais ativa. “Dentro de um grupo, as pessoas conseguem ver que não estão sozinhas nessa situação. Muitos dos viajantes que contrataram nossos roteiros terminaram um relacionamento de anos e estão em busca de libertação, de não precisar depender de uma companhia e com isso voltar ao convívio social. Isso causa um aumento na sua autoestima desses viajantes, que percebem que podem ter uma transformação de vida e ver que é possível ser feliz mesmo estando sozinho”, finaliza.