Especialista esclarece 9 dúvidas para quem quer fazer a harmonização facial

Quem nunca ouviu falar na harmonização facial? De uns tempos pra cá, o procedimento estético se tornou um verdadeiro queridinho dos famosos como Alok, Gretchen, Joelma, Luisa Sonza e Kelly Key adotaram a moda para realçar seus traços. O fato é que ainda existem muitas dúvidas que cercam a harmonização e para te ajudar, convidamos a Dra. Bruna Mesquita que esclarece as 9 principais dúvidas em torno do assunto.

  1. O paciente sente dor e está sujeito a inchaços no rosto ao fazer a harmonização facial?

A harmonização facial é geralmente feita com produtos injetáveis por tanto sem cortes, o que gera um pós tratamento mais tranquilo. Mas ainda sendo um tratamento invasivo pode sim causar um edema(inchaço) mesmo que leve e pode ficar levemente dolorido ao toque.

  1. Fiz um preenchimento a recuperação é demorada?

O preenchimento de implantes injetáveis reabsorvíeis não exige um pós tratamento onde o paciente deve se ausentar de suas atividades normais. Pelo contrário é uma procedimento tão procurado pelas pessoas por possibilitar o retorno a suas atividades imediatamente.

  1. Quais os procedimentos que podem ser feitos na harmonização facial?

Os procedimentos de harmonização facial são quaisquer procedimentos que venham ser feitos para deixar o rosto mais equilibrado em suas proporções ou corrigir algum processo de envelhecimento. Então desde um simples botox, preenchimentos faciais, fios de tração e tratamentos de pele.

  1. Qualquer pessoa pode fazer?

Qualquer pessoa pode realizar a harmonização facial, mesmo que tenha alguma comorbidade desde que esta esteja controlada e compensada.

  1. Quanto tempo demora o procedimento?

O tempo do procedimento é relativo dependendo do tratamento do paciente que é totalmente individualizado. Geralmente varia de 1 a duas horas de atendimento.

  1. A harmonização facial é definitiva?

A harmonização pode ser feita de forma definitiva, dependendo do produto utilizado. Mas vejo como ideal é um material reabsorvível pois este acompanha o processo de envelhecimento que é algo constante.

  1. Como é feita a harmonização facial?

A harmonização facial ela começa pela análise do rosto do paciente afim de estipular qual o plano de tratamento deste e qual será o produto utilizado. A partir daí se será algo injetável, ou se será tópico.

  1. Existe contraindicação?

A contraindicação primeiramente está relacionado se o paciente tem alguma reação alérgica a algum componente dos produtos utilizados. Depois existem contraindicações relativas para tratar pacientes com doença autoimune, gravidas e lactantes.

  1. Quais são as principais vantagens de fazer harmonização facial?

Elevar a autoestima, resultados rápidos com um pós tratamento tranquilo.

Informações da assessoria de imprensa